Google compra Amazon.com

O Google e a Amazon.com se fundiram. Combinando a tecnologia de buscas do Google e o mecanismo de recomendação social da Amazon, as duas companhias criaram o Googlezon, um serviço que permite a personalização total e automática de conteúdos, notícias e propagandas para os seus usuários. O Google pretende também combinar os recursos do Blogger, do GMail e do Google News - mais o sistema de recomendação da Amazon - para criar o Google Grid, uma plataforma universal que serve para os usuários armazenarem e compartilharem informações. Tudo isso faz parte do projeto EPIC - Evolving Personalized Information Construct, um sistema próprio de categorização que filtra e divulga as notícias. Usuários de todo o mundo poderão contribuir com novas notícias e dados, sendo recompensados com uma pequena fatia da receita de publicidade do Google, dependendo da popularidade da contribuição.

Não precisa ficar preocupado. Nada do que você leu no parágrafo anterior aconteceu. Ainda. Mas é o que pode acontecer em um futuro bem próximo, entre os anos de 2008 e 2014, pelo menos segundo um vídeo criado por dois jornalistas norte-americanos. Nesse vídeo, o Google se torna tão poderoso que a mídia e os veículos de comunicação como conhecemos hoje não existiem mais. É claro que tudo isso não passa de especulação (será?), na maioria das vezes sensacionalista, mas é interessante notar como uma empresa de tecnologia consegue atrair tanto a atenção. Além do mais, o vídeo é bem interessante e dá a sensação de que estamos fazendo uma viagem no tempo.

Ricardo Oneda.

Loading