Windows Vista RTM

O desenvolvimento do Windows Vista foi concluído e sua versão RTM (Release to Manufacturing) está sendo produzida. Isso significa que os fabricantes de PC logo começarão a receber a versão final do Windows Vista para integrar com seus produtos e que também o mesmo estará disponível para vendas ao consumidor final no dia 30/01/2007. Além disso, os clientes corporativos da Microsoft que possuem o Volume Licensing já terão acesso às versões Business e Enterprise do novo sistema operacional no final deste mês.

Novo licenciamento do Windows Vista: uma notícia boa, outra ruim e um final feliz?

Nas últimas semanas, causou um certo alvoroço a notícia de que os termos de licenciamento do Windows Vista vendido na "caixa" (ou seja, comprado em lojas e também chamado de retail) sofreriam algumas alterações em relação às versões anteriores do Windows.

Uma das mudanças, considerada bem-vinda, referia-se à utilização do Vista em máquinas virtuais. Até o Windows XP, cada cópia usada em ambientes virtuais exigia uma licença separada. Assim, se desejássemos utilizar o Windows XP em uma máquina virtual sendo executada sobre um outro Windows XP, deveríamos ter duas licenças. Já com o Windows Vista versão Ultimate, essa licença extra não será mais necessária, desde que a máquina virtual esteja sendo executada na mesma máquina na qual o versão licenciada do Windows Vista Ultimate esteja instalada.

A outra mudança foi bem mais polêmica. Segundo o novo EULA (End User License Agreement), só seria permitido transferir o Windows Vista de máquina uma única vez! Ou seja, caso alguém adquirisse uma máquina nova pela terceira vez enquanto possuísse o Windows Vista, seria necessário uma nova licença para poder utilizar o Vista nesta nova máquina. Essa limitação não existia nas versões anteriores do Windows, que permitia um número ilimitado de transferências do produto, desde que o mesmo fosse desinstalado do computador anterior, para que não houvesse mais de uma cópia do programa rodando ao mesmo tempo.

Depois de muita confusão a respeito do que estava certo e errado e as várias interpretações dos termos, e ouvindo a comunidade, a Microsoft resolveu mudar o EULA do Windows Vista e permitir desinstalar e reinstalar o sistema operacional quantas vezes o usuário desejar. Essa foi uma decisão correta, pois não faz muito sentido limitar esse tipo de comportamento. Acredito que se isso fosse mantido, poderia trazer mais problemas do que benefícios para a Microsoft.

Mas note que tudo que escrevi aqui refere-se a versão retail do Windows. Se você adquirir um computador com o Windows pré-instalado, a versão dele é a OEM (Original Equipment Manufacturer). Os termos de licenciamento da versão OEM não mudaram, ou seja, só é possível utilizar esta versão OEM na máquina com a qual foi comprado, não sendo possível sua reutilização em outro computador.